terça-feira, 19 de janeiro de 2016



Segundo investigação da Polícia Civil fraude acontecia por meio de uma quadrilha com sede em Bebedouro 



O Gaeco – Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado junto a Polícia Civil, prenderam nesta terça-feira, 19, seis pessoas suspeitas de fazerem parte de uma quadrilha que fraudava licitações de merenda escolar na região.
O grupo tem sede em Bebedouro e agia em 16 prefeituras do interior de São Paulo.
Segundo a Polícia Civil, a quadrilha fraudava a compra de produtos agrícolas destinados à merenda escolar. Foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão e seis mandados de prisão, todos integrantes da Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar – COAF, na cidade de Bebedouro, dentre eles o atual presidente e ex-presidente da empresa. Há ainda um suspeito da mesma empresa foragido.
A operação batizada de “Alba Branca” também está cumprindo mandados de busca e apreensão nas prefeituras de Paraíso, Novais, Santos, Sumaré, Americana, Colômbia, São Bernardo do Campo, Campinas, Santa Rosa do Viterbo, Bauru, Mogi das Cruzes, Barueri, Araras, Cotia, Mairinque e Caieiras.

Foto: Ilustração