sexta-feira, 25 de março de 2016

Homem foi preso em flagrante e responderá por homicídio doloso

Criança atravessou rua e foi atingida por carro 
Um homem de 34 anos foi preso na noite desta quinta-feira,24, após atropelar e matar uma criança de dois anos, em Catanduva. Acusado não era habilitado e fugiu sem prestar socorro. 
Segundo Boletim de Ocorrência, o acusado guiava um veículo Escort de cor verde na rua das Laranjas, no bairro Nova Catanduva, quando a criança atravessou a rua e foi atingida pelo carro. O motorista teria parado o veículo, mas, em seguida fugiu sem prestar socorro a vítima. 
A criança S.R.S.A foi socorrida por vizinhos e foi levada ao Pronto Socorro Padre Albino, mas, não resistiu aos ferimentos.  
Viaturas da Guarda  Civil Municipal (GCM) foram acionadas e durante patrulhamento encontram o veículo abandonado, no Jardim Gavioli, entre a avenida Caxias do Sul com a Arlindo Busnardo. No Escort foram encontrados dois frascos de bebida alcoólica, conhecida como corote com água ardente. 

Ainda durante as buscas, os guardas civis receberam denúncia anônima de que o autor estava escondido em sua residência, nas rua das Pinhas, no mesmo bairro do atropelamento. Na casa os GCMs encontraram o pedreiro C.D.A, que teria confessado ter atropelado a criança. 
O homem foi encaminhado ao Plantão Policial, onde passou por exame de bafômetro onde foi apontado 0,76 mg/l de álcool no sangue.


O delegado Luciano Barberatto, ao analisar os fatos, de embriaguez, fuga no local do acidente sem prestar socorro à vítima, e ainda o autor não ser habilitado, o prendeu em flagrante por crime de homicídio simples, por dolo eventual (quando assume o risco de matar alguém). 


Foto: Guarda Municipal Civil