terça-feira, 17 de maio de 2016


Projeto busca sensibilizar e conscientizar a população dos problemas e soluções que envolvem os LGBTs

Com uma extensa programação,  dentre exposição, palestras e a realização da Parada da Diversidade, com o tema “Por uma Catanduva sem Exclusão”, teve início nesta segunda-feira,16, a 9ª edição da Semana da Diversidade em Catanduva .
O evento tem como propósito informar, sensibilizar e conscientizar a população dos problemas e soluções que envolvem os LGBTs , o projeto é uma realização de Vasco Gama e Júnior, tendo parceria do SESC Catanduva ,Prefeitura Municipal e Grupo Reveja.
Nesta terça, dia 17,  Dia Internacional Contra a Homofobia - Intervenções Culturais LGBT’s – O Grupo REVEJA fará às 20 horas interferências em diversos locais estratégicos da cidade. Haverá também a presentação de Curtas-metragens selecionados pela MOSCA - Mostra Audiovisual de Cambuquira/MG – Local : CEU´S – Sessões Infantil, Infanto-Juvenil e Adulto.
Na sexta-feira, 20 a agenda é de palestra de “Capacitação sobre Diversidade Sexual e Politicas Públicas LGBT” - das 8h às 12 horas – local: auditório da Prefeitura. Presença de Paulo Sergio Tetti coordenador da Secretaria da Diversidade Sexual de Araraquara, delegado na Conferência Nacional LGBT 2016.
O encerramento será no domingo,22, com a realização da Parada, a concentração será  a partir das 14 horas na avenida José Nelson Machado , com  shows de drags, deejay, gogo-boys, presença de Tchaka a Rainha das Festas, e artista da cidade e região. Ainda esta confirmada a presença da madrinha da Parada de Catanduva Dafiny Mullers.e a Rainha da Parada Rogerio Wathuzi Cox, presença de: Taya Tayra Moon Nally Picumã Nadia Bracchio, Natasha Fox Suzam Campbell, Fernanda Fatale e Heloisa Sampaio e, ainda o batizado de Kaarlinhos Riiva a Gayvota Mullers. Como deejay teremos Ana Chilli's Ana Claudia Leonardi Gonçalves , e Samuel Thomas e Priscila Nogueira.



COBRANÇA MAIS SEGURANÇA
Partindo do princípio da conscientização a não violência e contra qualquer tipo de homofobia, o presidente do grupo Reveja, Vasco Gama, veio a público dizer que não tem motivos para comemorar o vento,  visto que no último fim de semana, teve uma colega transex agredida fisicamente. “É  triste iniciar a Semana da Diversidade com uma notícia de ‘transfobia’ na cidade,  neste dia 17 é dia Nacional Contra a Homofobia. Nossa amiga (nome preservado)  sofreu agressão neste final de semana, levando ela em coma. [...]Mas, fica uma pergunta para o poder público: até quando vamos ter de aguentar estes  homofóbicos ?”, desabafou em página pessoal.