domingo, 19 de junho de 2016

Funcionários irão atender 30% dos serviços essenciais para o cidadão 

Cerca de 20 funcionários da unidade Catanduva Detran SP estarão em greve nesta segunda-feira,19. A paralisação será estendida para todas as unidades do estado, mantendo apenas 30% do atendimento dos serviços essenciais (liberação de veículo, renovação e emissão de CNH, transferência de veículos) para o cidadão. 

Segundo a Associação dos Empregados Públicos do Detran.SP, a categoria luta  por reajuste salarial conforme variação do IPCA no período de janeiro de 2013 a janeiro deste ano, que acumula índice de 26,3%.
De acordo com nota, os funcionários que não estiverem trabalhando, irão se concentrar suas manifestações na porta das unidades, entretanto, não impedindo a entrada dos servidores que desejarem trabalhar, nem impedindo a entrada dos cidadãos.

NEGOCIAÇÃO 
No final da tarde deste domingo, 19,o Sindicato dos Cargos Administrativos da Carreira Regida pela Lei Estadual 1.080/2008 do Estado de São Paulo (Sindcaesp), informou por meio de boletim que foram notificados de que após aprovação de greve para esta segunda-feira, o Detran teria aceitado as reivindicações como justas e proposto inciar uma negociação de forma imediata. 
"A suspensão da greve (não estamos falando de revogação ou cancelamento da decisão, e sim de uma condição temporária) deverá ocorrer, tão logo tenhamos uma proposta aceitável a trabalhar. Por isso, todos devem estar preparados para, em caso de acordo, suspender o movimento". 
De acordo com nota, representantes do sindicato estarão amanhã ás 11 horas no Detran para iniciar as negociações. "A partir de amanhã iniciam-se os trabalhos acerca das propostas. Uma equipe formada pela Assessoria da Presidência e do Sindcaesp trabalhará, na próxima semana, no projeto a ser encaminhado ao Governador. Sinceramente, essa posição é o melhor que poderia nos acontecer, e mais, beneficia diretamente a população. Resta-nos saber se, ao final do primeiro dia, teremos algo a votar", conclui nota.