quarta-feira, 28 de setembro de 2016


Foto: Ilustrativa 
Os Correios têm constatado, novamente, em diversas cidades do interior de São Paulo, casos de tentativas de fraude contra Postos de Vendas de Produtos – PVPs, como banca de jornais e papelarias.

Segundo assessoria, para oferecer selos com valor facial adulterado aos postos de vendas, indivíduos se passam por empregados dos Correios. Costumam usar crachá de identificação falso e roupas semelhantes aos uniformes internos, apresentam recibos não oficiais da empresa, e oferecem produtos postais e uma caixa de coleta para ser instalada no estabelecimento comercial da vítima.

A estatal ressalta “Os Correios não possuem vendedores externos e, se ocorrer a visita de algum desses golpistas, deve-se acionar imediatamente a Polícia Militar pelo telefone 190”.

Ainda é orientado para que os postos de vendas que, registrem a ação por meio de Boletim de Ocorrência, encaminhando aos Correios cópia desse documento e dos documentos deixados pelos golpistas, entre eles recibo e tabela de preços.

SAIBA
A comprovação de aquisição de produtos fora do procedimento previsto nos Termos de Credenciamento e a comercialização de produtos diferentes dos disponibilizados nas agências de vinculação causarão o imediato descredenciamento do posto de vendas.