quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Atendimento será reduzido em 30%, suprindo demanda de emergência e urgência
Créditos: Arquivo Pessoal
Em assembleia, servidores votaram a favor de greve

A partir desta quinta-feira, 03 de novembro, parte dos principais serviços municipais de Ariranha serão reduzidos em 30%. A decisão foi votada pelos servidores em assembleia no último dia 26 de outubro, que reivindicam salários atrasados.
Segundo o líder Alexandre Ruiz, a paralisação será realizada por servidores do Hospital Julia Ruette e Sociedade Beneficente Santa Rita, nas UBS - Unidade Básica de Saúde e ainda na Coleta de Lixo.
“ O hospital e os postos de saúde, e a coleta de lixo, trabalharão com 30% de atendimento.  O hospital atendendo apenas emergência e urgência”, detalha.
De acordo com Ruiz, além da falta de pagamento, os servidores querem melhorias nas condições de trabalho, e suprir a falta de material. “O hospital não tem praticamente nada. Falta medicamento, seringas, luvas e até soro”.
Segundo o líder da categoria, o hospital é 100% subvencionado com a prefeitura e que estariam tentando negociação com o Executivo desde setembro de 2013. “ Quando tudo começou, nenhum encargo trabalhista é pago, nem FGTS e INSS. A prefeitura deve mais de 9 milhões de INSS”, afirma.

GREVE
A paralisação nas unidades esta prevista para ser iniciada a partir das 7 horas desta quinta-feira. Às 8 horas os servidores irão se reunir  na praça da Matriz e seguirão manifesto até a prefeitura.