terça-feira, 6 de novembro de 2018


Comemorando um ano de criação, o Conselho Municipal dos Direitos LGBT lançou oficialmente a programação da 11ª Semana da Diversidade de Catanduva e Região. O evento será realizado de 12 a 18 de novembro, com diversas atividades. A temática central será “Cuide-se bem! LGBT saudável é garantia de um futuro colorido”.

De acordo com os organizadores, serão destaques da programação o 4° Fórum de Discussão de Políticas Públicas LGBT e a Parada do Orgulho LGBT, no dia 18, que irá falar de prevenção e direitos. Os participantes, a partir das 15 horas, vão percorrer a avenida José Nelson Machado, com apoteose no Parque Ecológico dos Ipês.

Além disso, a Semana da Diversidade terá apresentação de curtas metragens, exposição, intervenções culturais e políticas, curso de drag queen (interpretação, maquiagem e produção), palestra sobre prevenção na área da saúde e ação ecológica com plantio de árvores para compensar a produção de CO2 estimada para o evento.

 "São mais de 10 anos de luta no movimento LGBT na cidade e região. Tenho grandes conquistas para comemorar e deixar um legado para os novos militantes, e um futuro melhor para os catanduvenses”, celebra Vasco da Gama, presidente do Conselho LGBT e do grupo Reveja - Ação e Pesquisa da Diversidade Sexual de Catanduva.

Hoje, além do pioneiro Reveja, outros três grupos atuam na cidade: o TransViver, formado por meninos e meninas trans, o Coletivo LGBT "Carvalho da Gama", formado por alunos do curso de medicina da Unifipa, e o grupo Mães pela Diversidade.

A Semana da Diversidade tem apoio do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura e da Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias (ACGE), e parceria com a Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA), através do Edital Especial de Chamamento APAA 002/2018, para participação no Programa “+Orgulho”.

Saúde
A temática sobre saúde foi realizada em campanha com participação popular realizada nas mídias sociais do Conselho Municipal dos Direitos LGBT. A sugestão foi assinada por Christina Barrena que ganhou um “kit gay” - bótons, brindes, livros, camiseta e um convite para desfilar durante a Parada em cima do trio elétrico, com acompanhante.


A partir de parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, serão desenvolvidas ações de prevenção e conscientização com a distribuição de materiais sobre cada grupo populacional que compõe a sigla LGBT, além de palestra e distribuição de insumos e testes rápidos de sífilis, hepatite e HIV pela equipe do Programa DST/Aids.